NOS, Casos de Sucesso – Phosphorland

//NOS, Casos de Sucesso – Phosphorland

NOS, Casos de Sucesso – Phosphorland

Casos de Sucesso – Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios.

Casos de Sucesso é uma página criada pela empresa de telecomunicações Nos para dar a conhecer novas empresas. Podem ver transcrita, na íntegra, uma entrevista que o nosso CEO Raul Pinheiro deu para a NOS de forma a que a Phosphorland faça parte desta comunidade.

Entrevista:

A Phosphorland é uma empresa 100% portuguesa que tem como objetivo disponibilizar aos atuais e futuros empresários agrícolas um conjunto de produtos e soluções tecnológicas orientadas para o setor agrícola para o mercado nacional e internacional.

Desenvolvendo e disponibilizando soluções inovadoras, capazes de acompanhar as necessidades do mercado, a Phosphorland fornece serviços profissionais que contribuem ativamente para a eficiência, eficácia e excelência de gestão operacional dos nossos clientes.

O que é/qual é o negócio?

É o desenvolvimento e comercialização de um software de gestão agrícola. A cada dia que passa os agricultores têm de ser mais eficientes/produtivos e ter controlo sobre tudo o que se passa na exploração. Gerir uma exploração agrícola requer a atenção para muita informação e a utilização de múltiplos programas para cada serviço/máquina/sensores. Com o Phorland, software de gestão agrícola, as integrações e a gestão estão unificadas na mesma plataforma, reduzindo o tempo, custos e aumentando a eficiência, produtividade e proveitos. O sistema agrega a informação e utiliza-a para prover o agricultor de avisos e previsões que ajudarão a aumentar produtividades, produção e proteção animal, redução de custos e muito mais.

De onde nasceu?

Podemos dizer que nasceu de um desafio nos finais de 2014 mas que foi alimentado, sem notar, pela experiência/vivência pessoal e profissional na Polónia, Austrália, Brasil e Portugal. Conhecer e trabalhar com a concorrência deu-nos um conhecimento sobre o que era feito e tudo o que poderia haver de melhoria. E estamos numa área que ainda está a dar os primeiros passos com a indústria 4.0.

Missão?

Oferecemos um software de excelência para a gestão das explorações agrícolas. O nosso objetivo primordial é dar ferramentas e informação ao agricultor de forma a melhorar todos os aspetos da sua exploração. Reduzir custos, pegada ecológica, aumentar produtividades, rentabilidade e eficiência é o foco. Se o agricultor tiver maior rentabilidade e reduzir o tempo de gestão e realização de tarefas, terá maior qualidade de vida e tempo para a sua família.

Financiamento?

O financiamento inicial foi suportado pelos sócios. É expectável que o próprio negócio financie o crescimento. Poderá haver necessidade de investimento para uma expansão internacional.

Promoção?

Fazemos promoção através das redes sociais e outras plataformas. Temos parceiros/revendedores que fazem também essa promoção. Entramos em contacto com os potenciais clientes. Participamos em feiras e outros eventos que suscitam interesse.

Onde esperam chegar?

Neste momento estamos em dois (2) países (Portugal e Angola) e estão estabelecidos contactos com vários países europeus para uma parceria que esperamos ver concluída ainda este verão (2017). Esperamos atingir uma escala mais internacional já em 2018/19.

Como lidaram com a incerteza inicial?

A incerteza inicial faz parte de todos os novos projetos. Com o passar do tempo e à medida que o projeto vai ganhando forma a incerteza desaparece. As dúvidas remanescentes desaparecem quando o mercado começa a aceitar o produto/serviço e é visto com valor pelos clientes.

Vosso maior trunfo? Ingrediente secreto?

Costuma-se dizer que o segredo é a alma do negócio — Mas o fator inovação e a facilidade de utilização da plataforma que é um sistema de gestão “frendly”, apesar de oferecer ao empresário agrícola uma grande diversidade de respostas aos problemas, talvez sejam o maior trunfo, para além, claro, da dedicação total dos fundadores e colaboradores e da experiência que adquirimos nesta área.

O que sugerem a quem começa?

Amadureçam bem a ideia. Juntem todo o conhecimento possível e pessoas indicadas. Uma equipa multidisciplinar é um grande passo para o sucesso. Trabalhem muito bem o modelo de negócio. Se todos os dados forem ponderados, podem e devem avançar com o MVP. Com ele já têm dados suficientes para validar a ideia junto do mercado alvo. Se não funcionar, não desanimem. Amanhã é outro dia e vem cheio de novidades. Quando uma porta se fecha existem outras que se abrem!

Qual o melhor conselho profissional que já recebeu?

Durante os 3 anos de vida da Phosphorland já recebemos imensos. Uns ajudaram a mudar e/ou alterar detalhes muito importantes no início de vida de uma startup. Todos eles foram bons mas penso que poderei frisar um dado por um mentor americano que trabalha em Silicon Valley. Numa visita à Startup Braga (onde estamos sediados) e em reunião, ouviu a apresentação do projeto/modelo de negócio e, embora tenha ficado satisfeito/encantado/maravilhado com o nosso sistema de gestão e a filosofia que lhe está subjacente, fez uma pergunta muito simples (“ Porque o vendes dessa forma?) que, após reflexão, nos fez mudar a nossa abordagem do mercado, trazendo alterações muito significativas.

Podem ver esta informação no site da NOS.

Quer saber mais sobre as nossas soluções? Fale Connosco!
By | 2017-12-09T03:43:09+00:00 Junho 29th, 2017|Phosphorland|0 Comments